quarta-feira, 8 de abril de 2015

7 ideias de negócio para startups de moda

16:00

  • SIGA

  • PARTILHE |

7 ideias de negócio para startups de moda

Atualmente, existem milhares de pequenas empresas ligadas ao varejo de moda. Conheça aqui 7 ideias de negócios para startups de moda.


Para quem deseja empreender neste segmento, é preciso procurar boas estratégias para se diferenciar da concorrência.

Basicamente, existem sete segmentos no mercado de moda para quem planeia abrir um negócio em torno da moda. Confira informações e orientações sobre cada nicho.

Moda plus size


De acordo com a Associação Brasileira do Vestuário (Abravest), o segmento de moda plus size é um mercado que cresce 6% ao ano e movimenta cerca de 5 bilhões de reais.

Moda Plus Size


Buscar fornecedores específicos, participar de feiras do segmento como o Fashion Weekend Plus Size e investir no corte e caimento das roupas são algumas estratégias de diferenciação. 

Moda gestante


O público de moda gestante é específico e demanda mais atenção do empreendedor porque a numeração muda a cada semana. Segundo o Censo 2010, 83 milhões de mulheres tiveram filhos no país, sendo que a maioria é jovem.

Moda Gestante


Para se destacar nesse mercado é preciso oferecer um mix de produtos com peças confortáveis e que estejam de acordo com as tendências de moda. Investir em produtos de bebês é uma das recomendações pra aumentar o faturamento do negócio. 

Moda ecológica e sustentável


Além da modelagem, o mais importante é que a roupa seja feita de matéria-prima renovável e que polua menos. De acordo com os Institutos Akatu e Ethos, quase 10 milhões de pessoas adota valores e comportamentos mais sustentáveis de consumo.

Moda ecológica e sustentável


Investir em peças artesanais, buscar fornecedores especializados em matéria-prima ecológica e focar no e-commerce são algumas dicas da cartilha.

Moda brechó


De acordo com o cadastro nacional do Sebrae, o número de pequenas empresas especializado em artigos usados cresceu 210% em cinco anos. O investimento inicial para abrir uma loja é relativamente menor se comparado com outros segmentos de moda.

Moda brechó


Ter serviços diferenciados como leilões, bar, café e investir em networking para adquirir mercadorias são algumas dicas para quem deseja abrir um brechó. 

Moda evangélica


Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010, o Brasil possuía 42 milhões de evangélicos, o equivalente a 22% da população brasileira. Roupas com muito decote, transparências, saias e vestidos muito curtos devem ser evitados pelo dono do negócio.

Moda evangélica


Visitar eventos, diversificar o canal de vendas e investir na propaganda boca a boca são algumas maneiras para vender mais. 

Moda streetwear


Moda streetwear
O consumidor da moda streetwear não necessariamente é adepto do skate. Por isso, empreendedores deste segmento devem criar estratégias de promoção em shows, festas, feiras, usar as redes sociais e oferecer produtos criativos para conquistar mais clientes. 

Moda country


Moda country
Homens e mulheres que frequentam rodeios são os principais consumidores deste segmento. Aproveitar eventos como feiras agropecuárias, rodeios e shows sertanejos e fazer parcerias com duplas sertanejas e casas de festas são algumas maneiras de divulgar a marca do negócio. Oferecer outros serviços como consertos de chapéus é uma forma de aumentar as vendas. [Exame]

0 comentários:

Enviar um comentário

 

© 2013 DailyNegócios - Notícias sobre negócios e empreendedorismo. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top