quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Principais erros de empreendedores principiantes

17:28

  • SIGA

  • PARTILHE |

Principais erros de empreendedores principiantes

No inicio dos negócios é natural haver erros ao empreender. Conheça os principais erros de empreendedores principiantes e saiba como evitá-los.


Com o desejo de trabalhar para si mesmo, muitos jovens decidem abrir um negócio e deixar para trás a vida de empregado, com rotinas diárias repetitivas.

No entanto, na ânsia de tirar as suas ideias do papel e começar a empreender imediatamente, estes novos empreendedores negligenciam pontos importantes para o sucesso do negócio.

Isso leva a que haja grandes chances de se prejudicar o negócio. Conheça aqui os principais erros dos empreendedores principiantes e o que é necessário para evitá-los.

Não Conhecer o Público da Sua Organização


Saber quem são as pessoas que compõe os cenários, quer interno quer externo, da sua organização é uma tarefa primária e essencial que todo o empreendedor deve realizar, antes mesmo de começar a sua atividade.

Isso implica conhecer não apenas os profissionais que trabalham para si, mas também a comunidade na qual a sua empresa está inserida, os seus clientes, os seus potenciais consumidores e até mesmo os seus fornecedores.

Isso é importante pois afeta outros fatores, como a linguagem utilizada na captação do desejo de compra, a qualidade dos produtos e o valor que será agregado para impulsionar as vendas. Por isso, no plano de negócios, delineie quem é o público da sua organização.

Não Ter Reservas Financeiras


Por mais bem delineado que seja o seu empreendimento e por maiores que tenham sido os cuidados na hora de iniciá-los no mercado, imprevistos poderão acontecer e você precisa estar preparado para isso.

Cenários mercadológicos mudam constantemente e é necessário ter aportes financeiros para conseguir superá-los e para conseguir realizar as adaptações necessárias, a fim de continuar a sua atividade.

Por isso, tenha um capital de giro adequado ao seu tipo de negócio e, sempre que possível, fuja dos empréstimos com juros altos. Ter essa reserva é ser prudente; é ter uma visão de futuro!

Não Treinar os Funcionários


Tudo pode estar em perfeito estado, mas se os seus funcionários não “vestirem a camisa” da empresa, é provável que nada dê certo. Isso porque grande parte do sucesso das vendas e da fidelização dos clientes vem do trabalho deles.

Assim, é necessário investir em treinamentos, em estratégias de motivação e na formação de líderes. Tais ações serão facilmente desdobradas em maior produtividade e em um lucro maior.

Não saber separar bens pessoais e bens empresariais


Esse é um erro muito comum que acomete aos empreendedores de primeira viagem. Nas startups, por exemplo, acontece dos ganhos começarem antes do previsto, o que dá a falsa impressão de que já é possível reaver algum dinheiro investido sem que o negócio esteja estável.

Gastos pessoais misturados às despesas da empresa são sempre um grande problema, pois assim não se consegue ter a ideia exata de como o empreendimento está indo. Fuja de tal ação, com o apoio de um contador e de um gestor administrativo!

Listamos aqui alguns dos principais erros de empreendedores de primeira viagem. Contudo, existem possibilidades variadas de equívocos que mudam de acordo com o perfil de cada um, com as experiências individuais e com os anseios particulares de colocar em prática as suas ideias.

Não investir em marketing, não agir de acordo com as normas fiscais e não se capacitar para gerir um negócio são outros exemplos.

Antes de abrir a sua empresa, procure conhecimentos técnicos e de mercado, busque apoio de profissionais e desenvolva um bom plano de negócios. Assim, você não irá correr riscos desnecessários e será bem sucedido. [Saiadolugar]

0 comentários:

Enviar um comentário

 

© 2013 DailyNegócios - Notícias sobre negócios e empreendedorismo. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top