quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

4 sinais de que é hora de desistir do negócio

21:33

  • SIGA

  • PARTILHE |

4 sinais de que é hora de desistir do negócio

Ter um negócio implica esforço e atenção que muitas vezes descuidamos. Conheça aqui 4 sinais de que é hora de desistir do negócio.


Ter um negócio é semelhante a ter um filho. Depositamos frustrações, fantasias, expectativas das mais variadas.

O investimento financeiro nem sempre é o mais importante, pois se assim fosse seria impessoal; não deu retorno, fechamos, simples assim.

Contudo, colocamos toda emoção possível, ao ponto de dizerem que o negócio tem a cara do dono. É muito comum o negócio levar o nome do fundador, o que torna ainda mais pessoal.

A palavra empreendedorismo significa fazer algo novo, correr riscos. Sendo assim, a etimologia da palavra já contém o risco, que precisamos prever e monitorar. Quando esse componente aumenta, é preciso tomar medidas para minimizá-lo ou revertê-lo.

Um negócio tem algumas razões de existir e as principais são: lucratividade, prazer, sonho e propósito. Sabemos que o negócio precisa de amor, dedicação, persistência e muito trabalho; entretanto ele pode ruir, e saber o momento de recuar ou mesmo desistir é a resposta de um milhão de dólares. Temos indícios de que precisamos rever ou abrir mão do negócio quando:

1. As finanças estão no vermelho


Ter lucro é a base do negócio, é preciso pagar as contas e para isso é necessário ter um planejamento. Alguns empresários tem uma sensibilidade para negócios, mesmo sem estudo técnico ou algo parecido.

Quando repetidamente está no vermelho ou o planejado não se realiza, é preciso parar e refletir sobre o negócio. Diante de um resultado financeiro negativo deve-se ter a firmeza de saber a hora de parar. O impacto de prejuízo pode afetar a vida pessoal, podendo ter prejuízos pessoais irreparáveis.

2. Falta de paixão pelo negócio


Abre-se mão de lucratividade alta, mas o prazer precisa permear o negócio, pois investimos tempo. Tempo é vida e não podemos repor. Se não existe prazer em ir ao trabalho, administrar conflitos, lidar com clientes e concorrentes, ou mesmo se há irritação, algo precisa ser feito.

O modelo de negócio versus prazer é individual e só você saberá o nível que suportará. Decidir é um ato solitário, e nos faz abrir mão de algo que muitas vezes adoramos. Por isso pense bem, se você não decidir por prazer, decidirá pela dor.

3. Inúmeros problemas na empresa


Quando os pesadelos começam a ser recorrentes ou a insônia toma conta das noites por problemas na empresa pode ser um alerta para que o sonho de ter uma empresa seja revisto. A briga interna entre a razão e a emoção é muito grande e a teimosia pode ser a derrocada.

4. Falta de propósito


Ter o senso de utilidade move o ser humano. Quando o empreendedor está desmotivado e não tem ânimo, isso afeta a equipe, os fornecedores e os clientes. O propósito já não é forte o suficiente para manter o empresário motivado. É um dos sinais de que deve parar. [Exame]

0 comentários:

Enviar um comentário

 

© 2013 DailyNegócios - Notícias sobre negócios e empreendedorismo. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top