quarta-feira, 1 de outubro de 2014

3 fatos essenciais sobre Crowdfunding que deve saber

15:44

  • SIGA

  • PARTILHE |

3 fatos essenciais sobre Crowdfunding
Ao longo dos últimos anos, tem surgido uma infinidade de plataformas on-line para emprestar dinheiro e financiar projetos.

Com tantas semelhanças superficiais, é fácil ver por que você pode ficar um pouco confuso. Kiva é uma plataforma crowfunding? O que é o LendingClub?

O que é crowdsourcing? Será o mesmo que crowdfunding? Tudo isso pode parecer igual, mas há grandes diferenças entre essas novas plataformas. Aqui estão as três coisas essenciais que cada empresário deve saber sobre crowdfunding.

1. Não é microfinanciamento


Você provavelmente já ouviu falar do Kiva, que conecta pessoas com dinheiro a pessoas nos países em desenvolvimento que poderiam usar um pequeno empréstimo para ajudar os seus negócios. Os empréstimos podem ser tão pequenos quanto 25 dólares e são pagos (embora sem juros) à pessoa que emprestou o dinheiro.

Kiva é um movimento social de microfinanças que tenta conectar proprietários de pequenas empresas nos países em desenvolvimento (a maioria mulheres) para o capital que de outra forma não seriam capazes de aceder. Isso soa a crowdfunding, certo? Bem, não é.

As microfinanças existem com um propósito de melhoria social, nomeadamente o emprestar dinheiro e oferecer oportunidades para os outros. É o conceito do Prémio Nobel da Paz Muhammad Yunus. A partir de sua própria experiência no Bangladesh, ele percebeu que muitos queriam montar um negócio e sair da pobreza, mas faltava o financiamento inicial para começar uma startup.

A ideia do microcrédito para conceder empréstimos aos empreendedores emergentes que eram demasiado pobres para se qualificar para os empréstimos bancários tradicionais foi a maneira que Yunus desenvolveu para combater essa dificuldade.

2. O que são Crowdsourcing e Crowdfunding?


A ideia por trás de crowdsourcing é reunir as pessoas para o aperfeiçoamento de ideias ou projetos. É a ideia de que a comunidade, o todo, é melhor e pode realizar mais do que o individual. Provavelmente o exemplo mais claro de crowdsourcing é a Wikipedia.

Você usá-a o tempo todo, você pode até ter contribuído para ela, mas tudo é originária e escrito por pessoas que querem contribuir para a fonte comunitária. Com o crowdsourcing, a essência é a partilha dos benefícios do conhecimento, em vez do financiamento, como no crowdfunding.

3. Como funciona?


O crowdfunding é a angariação coletiva de dinheiro a partir de indivíduos para financiar projetos ou ideias. De muitas maneiras, este "novo" conceito é bastante antigo. Na verdade, se você pensar sobre isso, os impostos são, em essência, a origem do crowdfunding.

No espaço do crowdfunding algumas das plataformas mais populares são IndieGoGo e Kickstarter. Ambos permitem que empresários, artistas, músicos e qualquer outra pessoa reúna a comunidade para financiar um projeto.

Geralmente há algum tipo de prémio ou recompensa aos financiadores para a quantidade de dinheiro que eles fornecem ao projeto. No entanto, nem todas as novas plataformas de crowdfunding são construídas da mesma forma.

Algumas concentram-se em investir no negócio, outras concentram-se sobre imóveis e notas de crédito e ainda outros concentram-se em coisas como empréstimos ao consumidor ou investimento de capital.

Por exemplo, a AssetAvenue permite aos investidores credenciados juntar o dinheiro do investimento com os outros para financiar oportunidades imobiliárias comerciais. Outra opção muito popular no crowdfunding é o LendingClub.

Lá, você ajuda as pessoas a refinanciar a sua dívida de consumidor, fornecendo empréstimos para consumo pequenos, de curto prazo. Você investe com outras pessoas e proprietários de uma parte do empréstimo concedido a um consumidor.

Em conclusão, o Crowdfunding está provando ser uma opção de investimento legítimo e estável, que está preparada para não só permanecer no jogo, mas também dominar e derrubar os modelos da indústria antiquados. [Entrepreneur]

0 comentários:

Enviar um comentário

 

© 2013 DailyNegócios - Notícias sobre negócios e empreendedorismo. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top